Por Fernando Gonsalez, Projeto Academia de Ciência

branquinho

Os corretivos do tipo “Liquid Paper” também conhecido como “Branquinho” tem uma formulação bem peculiar pelo fato de secarem rápido, e sua historia também é bem diferente.

A composição básica do “Liquid Paper” é Óxido de titânio que é o responsável pela coloração branca de tintas e do próprio “Liquid Paper”, Água como solvente, Etanol é um solvente e contribui para a secagem rápida por ter um baixo ponto de ebulição, Polímeros para dar consistência e Dispersantes para manter a mistura uniforme

Em 1951 nos Estados Unidos a norte-americana Bette Nesmith Graham era uma secretária que não gostava quando tinha que recomeçar a datilografar devido algum erro. Ao observar alguns pintores que reformavam seu escritório, ela teve a ideia de produzir uma tinta branca que pudesse ser usado para correção de trabalhos datilografados.

Tags: